• 07 / Janeiro / 2019

Por onde começar seu Marketing Digital Pessoal: A Estratégia do Interesse

estrategia-interesse-marketing-digital

Marketing Digital é o mais recente (e talvez o mais relevante) braço do Marketing (aquele dos 4 P's do Kotler: Produto, Preço, Praça e Promoção; e de tantas outras definições). Ele abraça todas as ferramentas digitais que envolvem o processo comercial de uma empresa - site, redes sociais, e-mail, estratégias de Inbound, etc.


Com o acúmulo de ferramentas disponíveis, é normal que muitas vezes nos perguntemos onde deve investir nosso tempo e dinheiro. Facebook? Instagram? YouTube? Melhorar o SEO no site? Produzir mais conteúdo em meu blog?


Na maioria das vezes as empresas acabam abastecendo muitas redes sociais, alimentando muitos pontos de contato com o consumidor, sem pensar bem nos objetivos por trás da interação em cada um desses canais. Mas uma boa estratégia de contato com clientes é fundamental para o sucesso no Marketing Digital.


Então, de onde partir? Neste ponto precisamos considerar a Estratégia do Interesse.


O que é a Estratégia do Interesse?


O conceito é simples - podemos dividir todos os seus leads (clientes em potencial) em dois grandes grupos:



  1. Aqueles que já possuem interesse na solução que você vende; e

  2. Aqueles que ainda não estão interessados, não consideram comprar seu produto.


Um cliente potencialmente interessado no seu produto busca você. Já tem uma ideia mais ou menos clara do que precisa. Quer avaliar possibilidades. Cruza informações sobre diferentes fornecedores. A compra está próxima.


Já um lead sem interesse não está procurando por você. Na verdade, só você sabe que ele é um lead em potencial. Você precisará encontrá-lo. Precisará conhecer um pouco sobre seus interesses, imaginar em que sites navega, e que tipos de conteúdo busca. A compra está distante.


Isso faz toda a diferença na sua estratégia digital, pois ela vai dividir os canais pelos quais você vai conversar com cada lead. E para criar conteúdo para internet você vai precisar considerar como ele é consumido em cada canal.


Ok, mas como usar isso na prática? Use uma estratégia de 2 bases.


Dica: use a Estratégia de 2 Bases


Uma estratégia de prospecção completa considera tanto os clientes já interessados quanto aqueles que ainda deverão ser conquistados. Para isso, podemos indicar alguns caminhos:


Base 1 - Clientes já interessados: Google, Site e Inbound


Use campanhas de Google Adwords para atrair clientes que já buscam por seu produto. Não há ferramenta de Marketing Digital que funcione melhor que o Google pago (Google Ads) - mas claro, tem que ser bem feito. Não adianta só jogar umas palavras-chave lá e esperar pelo melhor. Porque se você fizer isso sem estratégia vai gastar muito - cada clique seu vai custar mais caro do que o de seu concorrente. E isso pode acabar com seu ROI.


O Google leva em conta vários fatores para otimizar seus resultados aos usuários (e assim os resultados patrocinados que serão exibidos para cada busca). Alguns itens levados em consideração são: como o anúncio é montado, verba disponível, competitividade das palavras-chave e qualidade da página de destino. Ou seja, quanto mais otimizado for seu site, menos você pagará por anúncio. A melhor dica é procurar um profissional que ajude você a fazer isso.


Mas se não puder contratar alguém procure estudar um pouco sobre como o Google funciona. Isso vai lhe ajudar bastante a não jogar dinheiro pela janela.


Seu site deve ser construído por um profissional que entenda o que você quer vender, como vender e o mais importante: para quem você deseja vender. Sua programação deve ser montada levando em conta a melhor experiência do usuário e um ótimo SEO (otimização para o Google).


Um bom site transmite credibilidade e ajuda o usuário a tomar cada ação da maneira mais prática e simples possível.


estrategia-do-interesse-marketing-digital



Inbound Marketing nada mais é do que oferecer conteúdo relevante para quem quer saber mais sobre seu universo de produtos/serviços. Para isso é indicado que seu site possua um blog. Nele você criará artigos interessantes e relevantes para seu público-alvo, e assim aumentará sua autoridade diante estes leads. Afinal, se você escreve sobre determinado tema, deve conhecer muito sobre ele, não é mesmo? E o mais importante: com um blog você colocará mais conteúdo no seu site para o Google indexar em suas buscas - o que atrairá mais visitantes.


Base 2 - Clientes não-interessados: Redes Sociais e Guest Posts


Para este tipo de lead, você deverá usar armas de atração nos ambientes visitados por ele.


Afinal, ele ainda não sabe que precisa do seu produto. Você precisará conhecer um pouco sobre o perfil do seu cliente desejado (existe uma metodologia para isso chamada de Buyer Personas). Conhecendo o perfil geral de seu cliente desejado você poderá determinar quais redes sociais são importantes para seus leads - e criar conteúdos e anúncios lá. Idade, sexo, localização geográfica e tudo o mais que você puder saber sobre seu alvo vai ajudá-lo a definir os canais nos quais você deverá ir buscar clientes.


Redes Sociais são onde os as pessoas passam boa parte de seu tempo na internet. Socializando, se informando e obtendo inspiração.


Crie anúncios, faça posts patrocinados para exibir seus conteúdos/produtos/serviços na timeline das pessoas que mais se aproximam do perfil de seu cliente desejado. Pense que seu conteúdo é uma porta de entrada para um relacionamento, que mais tarde vai se converter em vendas. As redes sociais mais acessadas geralmente são 5: Facebook, YouTube, LinkedIn, Instagram e Twitter. Identifique em quais dessas seu cliente está - e vá pra lá buscá-lo.


Guest Posts são posts/artigos/matérias que você vai produzir e postar em sites ou blogs de outras pessoas ou empresas, em um formato de parceria. Podem ser textos, infográficos, e o que mais você puder produzir. Assim seu conteúdo será expandido para outras comunidades.


Gosta de algum portal que tem a ver com seu produto? Crie conteúdo e envie para lá. Que tal mandar um artigo para os jornais? Tudo isso poderá ajudar a incutir interesse em clientes que ainda não sabem que precisam de você.


Pensar no Marketing Digital a partir da Estratégia do Interesse é mais do que necessário: é fundamental. Assim você poderá entender melhor o processo pelo qual cada lead passa até se converter em cliente - e venderá mais.

Tags:
Compartilhe esse conteúdo

Comentários